Category Archives: viagens

regressar

aqui... há magia! As fadas moram aqui.

Amanhã já é dia de regressar ao trabalho.
Já ficaram para trás as estradinhas panorâmicas do Parque Natural da Peneda-Gerês.
A casa com rodas quase que se portava mal… muitos sustos e tubos rotos que depois de paciência e persistência do M. se resolveram.
Gostei do ambiente rural que ainda têm as aldeias de trás-os-montes. Gostei de Bragança e do Centro de Arte Contemporânea da Graça Morais. Gostei de passear, das torradas com doce de morango, de não ter pressa, de não estar preocupada com as horas e das heras e dos liquens abraçados nas árvores.

O regresso de uma viagem coincide com a hora de começar a planear a próxima!

Anúncios

férias.

mailbox ~ caixa do correio

Chegou a hora de descansar um bocadinho mais.
A casa com rodas está quase, quase operacional para mais uma aventura.
Desta vez partiremos para fora cá dentro numa voltinha nacional.
Até breve!

Adofreire

Adofreire é uma pequena e simpática aldeia, perto de Torres Novas, onde passei este fim de semana.
Os dias estiveram cheios de luz.
Ainda se respira campo por ali, com a serra de Aire ao fundo…

lilás

how long until the spring?

O lilás é a junção da transcendência do azul e da energia e do vermelho.”
E esta fotografia lembra-me França e faz-me começar a pensar em férias…

a ponte

aquela ponte...

Uma foto simples para uma memória que perdurará de Amsterdão, cidade das pontes.

uma casa assim,

sweet simple life!

um céu azul, uma bicicleta à porta de casa, essas janelas maravilhosamente grandes para deixar entrar luz e energia… deixaram-me de Alkmaar, na Holanda, uma recordação indescritível e… bela!

regressar

E desta vez já terminou.
A semana passou rápido, tal como passam sempre rápido as coisas agradáveis.
A Holanda recebeu-nos com chuva e frio, um sol tímido e dias pequeninos. Mas é sempre bom sair de casa… e descansar, reencontrar amigos (Obrigada A.&L.!!), descobrir sítios inesperados, conversar sem relógios. Ver coisas, pensar de forma diferente, questionar, saborear, observar. E esta viagem rima na minha memória com cores esplêndidas de outono e com aventuras de bicicleta.

[Foto do M. (sem olhar, montado numa bicicleta) ]