Category Archives: ♫♫♫ ♪ ♬

olá Primavera!

«

Uma coisa de que me orgulho é que sempre pressinto as mudanças de estação: alguma coisa no ar me avisa que vem coisa nova, e eu me alvoroço toda, não sei para o quê.
Na primavera do ano passado ganhei de uma grande amiga uma planta, prímula, tão misteriosa que no seu mistério está contida a explicação inexplicável de uma presença divina: o segredo do cosmos.
Essa planta , que aparentemente nada tem de singular, é dona do segredo da natureza.
Quando se aproxima a primavera, suas folhas morrem e em lugar delas nascem várias flores fechadas. A cor é roxo-violeta e branco, e mesmo fechadas têm um perfume feminino e masculino que é extremamente estonteador.
O segredo destas flores fechadas é que exatamente no primeiro dia da primavera elas se abrem e se dão ao mundo. Como? Mas como sabe essa modesta planta que a primavera acaba de se iniciar? E as flores se abrem de repente. A gente está sentada perto, olhando distraída, e eis que elas vagarosamente vão se abrindo se entregando à nova estação, sob nossos olhos espantados. E a primavera então se instala.

»

(Clarice Lispector)

Eu celebrei a chegada da Primavera com uma agradável passeio de bicicleta… E tive esta música na minha cabeça durante todo o dia!

caminhos

caminhos

Há caminhos que nem vão dar a lado nenhum mas que mesmo assim é importante que existam.
Eu ando sempre a procurar outros caminhos que estiquem ainda mais o sorriso!
E esta música é tão boa para acabar um domingo…

descanso

[Foto do M]

Os dias têm estado bonitos, amenos, luminosos.
À distância breve do merecido fim de semana descobri este blog, este outro e esta música.

para uns são alegrias…

…para outros tristezas são.
O carteiro não tem culpa.
É a sua profissão.

yellow mailman @ Amsterdam

Em Amsterdão o carteiro também distribui tristezas e alegrias!

fim e já iníco de semana


Depois de uns virús malvados e de uma terrível enxaqueca a semana já começou. Vi este filme. Descobri este blog e esta música.

Lisboa

@ Lisboa

Lisboa tem uma luz muito bonita.
Acho-a uma cidade elegante, atraente, cosmopolita. Mas mal cuidada, com demasiados edifícios magníficos ao abandono…
Esta música é um lindo retrato da cidade.
Se eu fosse turista em Lisboa, sim, gostava da cidade.

sábado preguiçoso

con todo mi cariño

Ontem
à tarde, este documentário sobre uma possível explicação para a crise financeira mundial. Questiona. Aponta o dedo. Explica todas as fraudes e toda a impunidade… tão semelhante em todo o mundo. Envergonha.
à noite, um óptimo concerto de Sérgio Godinho de músicas novas misturas com músicas já mais velhas.

Hoje
um sábado entre sofá, mantas, música, fotografia e mimos. Um bom e preguiçoso sábado.